GetLeads Blog

A importância do sono para melhorar a imunidade

Quanto mais você descansa, mais forte seu sistema imunológico fica. Com o estado das ondas cerebrais delta, a saúde melhora em todos os níveis – incluindo uma imunidade extra à doença. A falta de sono pode afetar seu sistema imunológico. Estudos mostram que pessoas que não dormem com qualidade ou não dormem o suficiente têm maior probabilidade de adoecer após serem expostas a um vírus por exemplo, até mesmo como um vírus do resfriado comum. A falta de sono também pode afetar a rapidez com que você se recupera se ficar doente.

Numerosos estudos relataram os benefícios de uma boa noite de sono, e agora pesquisadores da Alemanha descobriram que o sono profundo melhora a produção das células imunológicas conhecidas como células T.

“As células T são um tipo de células imunes que combatem patógenos intracelulares, por exemplo, células infectadas por vírus, como gripe (Influenza, H1N1 e Coronavírus), HIV, herpes e células cancerígenas”, Stoyan Dimitrov, Phd, pesquisador da Universidade de Tubingen e autor do estudo, disse a Healthline.

O estudo descobriu um novo mecanismo, através do qual o sono de qualidade pode ajudar o sistema imunológico.

“Mostramos que os hormônios do estresse adrenalina e noradrenalina e as moléculas pró-inflamatórias prostaglandinas inibem a viscosidade de uma classe de moléculas de adesão chamadas integrinas”, disse Dimitrov. “Como os níveis de adrenalina, noradrenalina e prostaglandinas são baixos durante o sono profundo, a viscosidade das integrinas é mais forte. Esssa viscosidade é importante porque, para que as células T matem as células infectadas por vírus ou células cancerígenas, elas precisam entrar em contato direto com as células doentes, e a viscosidade da integrina é conhecida por promover esse contato”.

Isso tudo prova a necessidade e a importância de um sono reparador e de qualidade para melhorar sobremaneira o sistema imune do organismo.

O empreendedorismo e as vendas diretas

O mercado de trabalho tradicional tem encolhido ano após ano, os empregos no formato que conhecemos estão desaparecendo. O surgimento de novas tecnologias e a digitalização de muitos processos e a explosão dos aplicativos estão substituindo pessoas por algoritmos (robôs)..
Além disso, cada vez mais as empresas buscam uma nova relação de trabalho baseada em contratos de prestação de serviços (MEI) ao invés da antiquada carteira de trabalho, que já foi símbolo de segurança e de estabilidade em um passado não muito distante..
Diante desse cenário emerge com muita força no Brasil e no mundo o empreendedorismo como saída para esse novo cenário que já é chamada de Marketing 4.0 ou 4a revolução Economica..
Haja vista a quantidade de empresas e startups que surgem diariamente, o Brasil já é um dos países mais empreendedores do mundo..
Porém empreender é um desafio para poucos, principalmente no Brasil onde a burocracia e as barreiras para se fazer negócios ainda não são nada amigáveis..
Segundo o Sebrae, 1 em cada 4 empresas fecham antes de completar 2 anos e a metade, ou seja, 50% deixam de existir antes dos 5 anos de vida…
Se a única alternativa que nos resta é empreender, então qual seria o melhor caminho?
O canal de negócios mais promissor dos últimos anos, tem sido as vendas diretas tanto em crescimento quanto em questão dos riscos envolvidos..
Atualmente as vendas diretas movimentam algo em torno de US$ 200 Bilhões de Dólares no mundo e no Brasil já movimenta mais de R$ 40 Bilhões de Reais, e o Brasil já é 6o. Mercado do mundo e crescendo à passos largos.
Atualmente 95% desse mercado é movimentado por empresas de cosméticos, e 5% de outros segmentos como o Colchões Científicos e funcionais;
As vantagens de empreender no segmento de vendas diretas está na simplicidade da operação padronizada, e dos reduzidos custos operacionais; São negócios baseados em casa, sem necessidade de infraestrutura de loja; baixo nível de estoque, sem necessidade de funcionários e excelente retornos financeiros;
Podendo ainda ser um extraordinário gerador de múltiplas rendas passivas dependendo do formato e plano de negócio oferecido pela Empresa que opera no segmento.
Muitos especialistas em educação financeira e renomados consultores de negócios e especialistas em criação de riqueza como por exemplo o famoso Bilionário T. Harv Eker, ele diz em seu livro “ Os segredos da mente Milionária – “Se você é empreendedor de alguma empresa de Venda Direta e trabalha de forma profissional vai ganhar muito dinheiro e atingir suas metas”
Talvez esteja na hora de você considerar a possibilidade de conhecer uma empresa séria de venda direta que possa lhe oferecer além da oportunidade de empreender nesse segmento, uma oportunidade de crescimento e expansão dos seus negócios a nivel global, ou seja, uma empresa que seja escalável tanto em resultados financeiros quanto em conhecimento e desenvolvimento humano..
Basta buscar referências e conhecer a fundo a História da empresa e o seu Plano de Negócio, bem como os casos de sucesso já consolidados dessa empresa.
A sugestão é não se aventurar nesse mercado, em empresas sem estrutura ou Histórico de confiança, pois apesar de relativamente novo no Brasil, o segmento de venda direta já possui uma boa quantidade de empresas respeitadas e reconhecidas até Internacionalmente.

Sono: Saúde e Bem Estar

Sono: Saúde e bem estar
   
O estilo de vida moderno está cada vez mais comprometendo a nossa saúde e o nosso bem-estar, temos que cumprir diariamente uma rotina extenuante de compromissos e responsabilidades com o trabalho, filhos, vida pessoal e social. Com tantas obrigações, fica cada vez mais difícil colocar a cabeça no travesseiro e conseguir o merecido sono restaurador, aquele sono que faz o corpo relaxar totalmente, proporcionando a necessária disposição para os desafios do dia seguinte.

Segundo especialistas em sono, dormir bem é essencial não apenas para ficar disposto durante o dia, mas para manter e preservar a saúde, melhorar a qualidade de vida e até aumentar a longevidade. Um sono de qualidade deve passar por todas as fases necessárias para que o corpo recupere as energias do dia. Para que isso ocorra, é importante que todas as etapas sejam vividas completamente, desde o sono mais leve até o mais profundo.

O sono humano divide-se em dois tipos fisiologicamente distintos: sono REM (Rapid Eye Movement ou “Movimento Rápido dos olhos”), quando acontecem os sonhos e se acorda com mais facilidade, e sono NREM (Non Rapid Eye Movement ou “Movimento Não Rápido dos Olhos”), classificado em dois estágios distintos e responsável por cerca de 75% do tempo do sono.
Durante o sono NREM, o primeiro estágio é uma fase transitória entre vigília e sono, onde podemos ser facilmente acordados. O segundo estágio é o tempo mais longo de sono e pode ainda ser superficial. Nele, cessam os movimentos oculares, as ondas cerebrais ficam mais lentas e há diminuição na temperatura do corpo e frequência cardíaca. O terceiro estágio compreende o sono mais profundo, quando há relaxamento muscular intensificado. “Nessa etapa o cérebro está ‘desligado’ e o corpo tem queda do seu metabolismo, com fluxo sanguíneo em velocidade reduzida com o objetivo de recuperar as energias gastas durante o dia é nesse momento que acontece as fases do sono REM.

A interrupção ou o despertar durante qualquer uma das fases acarretam um sono de má qualidade, que em longo prazo pode prejudicar o equilíbrio do organismo e a saúde, com sintomas como a falta de vigor físico, o envelhecimento precoce, a diminuição do tônus muscular, o comprometimento do sistema imunológico, a tendência a desenvolver obesidade, diabetes, doenças cardiovasculares e gastrointestinais e a perda crônica da memória. Em curto prazo, os riscos abrangem cansaço e sonolência durante o dia, irritabilidade, alterações repentinas de humor, perda da memória de fatos recentes, comprometimento da criatividade, redução da capacidade de planejar e executar, lentidão do raciocínio, desatenção e dificuldade de concentração.

Segue algumas dicas para ter um sono profundo e de qualidade;

• Atenção à postura e posição de dormir;
A postura correta ao dormir é imprescindível para um repouso de qualidade. A posição de lado é a mais indicada pelos especialistas. Utilize um travesseiro para apoio da cabeça, em altura que se encaixe perfeitamente entre ela e o colchão, formando um ângulo de 90 graus no pescoço. Os joelhos devem estar semiflexionados com um travesseiro, por exemplo, entre eles;
A qualidade e a densidade do colchão tem que acomodar com conforto e dar um suporte ideal para um correto alinhamento vertebral, já que a coluna é o “poste mestre” do corpo e portanto o condutor dos impulsos elétricos que partem do cérebro para os órgãos vitais..

• Ambiente adequado:
Mantenha o ambiente escuro. A claridade interfere na produção da melatonina, o hormônio que avisa o cérebro que já é hora de dormir. Além disso, evite atividades que atrapalhem um sono profundo, como assistir TV deitado na cama, utilizar o computador ou ficar horas jogando em celulares. É importante lembrar que o quarto é um local de descanso;
A aromaterapia também influi no relaxamento do ambiente; Escolhas impregnar o ambiente utilizando óleos essenciais como: Lavanda, Camomila, Ylang Ylang, Bergamota..

• Alimentos leves e ricos em triptofano
Fazer refeições antes de deitar e, principalmente, ingerir alimentos que promovem o aumento dos níveis de insulina, pode influenciar na má qualidade do sono. Quanto maior a refeição noturna, maior a dificuldade de digestão. Portanto, alimente-se até 3 horas antes de ir pra cama e dê preferência a alimentos que ajudam a relaxar, entre eles, alface, maçã, pepino, salsão e ervas, como a camomila e a cidreira. Alimentos ricos em triptofano, como banana, leite, queijo branco, abacate e soja, também ajudam a proporcionar noites bem dormidas, pois participam da formação da melatonina;
Escolha tomar chás relaxantes antes de dormir; de camomila, erva doce, maracujá e cidreira…

• Quantidade de horas de descanso
Um sono reparador mantém a saúde em dia, melhora a disposição e o desempenho das atividades intrínsecas a qualquer indivíduo. Descanse, pelo menos, de sete a oito horas. Isso contribui para o desenvolvimento normal do cérebro e para os processos de memória e aprendizagem;

• Atividades relaxantes
Procure relaxar. Até três ou quatro horas antes de deitar faça alguns movimentos tranquilos de alongamento. Ao liberar a adrenalina, o exercício físico aquece e relaxa a musculatura, evitando lesões, dores musculares e problemas ortopédicos.

Invista em seu sono e no seu ambiente de dormir, e tenha mais qualidade de vida com longevidade saudável..
Afinal passamos 1/3 das nossas vidas dormindo…
Pense nisso…

Top
Translate »
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese